Abraço das estrelas

AQUARELA - star in your eyes - AMANDA BROWN

Eu não sei bem quando levantei a bandeira branca, encardida e surrada. Tal qual a mim, cambaleante. Um tiro no ombro e eu sendo resoluto em passos vacilantes. Não houve gemidos, mas encostei onde pude. Faminto de flores e matando a sede com espinhos. Bebi o restante da água e lembrei da paz que tem quem encontra repouso. Ser peregrino tem destas coisas, esta cortante dor de não ser lugar, de não lembrar os motivos das bagagens deixadas para trás.

Imaginei a fraqueza dos gigantes e a vilania dos maltrapilhos. Abri os olhos, vi borboletas; senti o abraço das estrelas. E, assim, cercado de palavras, fiz-me desapego. Resolvi esperar a noite chegar ao fim de olhos fechados ouvindo a sabedoria silente do meu pai, é da quase morte que nascem os homens fortes.

 João Romova


Stars in your Eyes | Aquarela de Amanda Brown

Anúncios

Um pensamento sobre “Abraço das estrelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s